3 de set de 2009

Quando eu crescer quero ser... corrupto

Once upon a time, quando eu era professorinha lá em Sucupira, perguntei às angelicais criaturinhas que estavam sob a minha tutela o que elas queriam ser quando crescer. As respostas me chocavam, pois crianças de oito, nove anos de idade não se davam o direito de sonhar e muitas das respostas começavam com "eu vou ter que". E sempre, o que vinha depois disso não era acompanhado de um brilho no olhar, mas de uma tristeza e um conformismo perturbador.

Hoje, lendo um blog, lembrei desse episódio.

Uma professorinha em Guangzhou, a pedido de um jornal local, fez a mesma pergunta aos seus alunos. As respostas foram das mais variadas: médicos, bombeiros, fotógrafo, pintora, piloto, não sei... respostas supergracinhas e super "crianças normais". O problema aconteceu quando uma das crianças respondeu: eu quero ser oficial! Mas de que tipo: "Corrupto, porque os oficiais corruptos tem muitas coisas".

Primeiro foi a notícia, no mês passado, de uma pesquisa que indicava que os chineses consideram as prostitutas mais confiáveis que os políticos (http://www1.folha.uol.com.br/folha/bbc/ult272u604772.shtml). Agora isso.

Acho que alguma coisa anda errada no império do meio.

via Black and White Cat (www.blackandwhitecat.org)

3 comentários:

  1. tive que rir... insônia maldita!

    ResponderExcluir
  2. Só no império do meio? Está sendo modesta... (ou minimalista, dependendo de quem vê).

    ResponderExcluir
  3. Acredito que isso é bem globalizado o pensamento, tem um Chines louco também no documentário " Why Democracy"... confiram... :)

    ResponderExcluir