3 de jun de 2009

E o "cala a boca" virtual aumenta

Hoje é véspera do aniversário de 20 anos de um certo massacre, em uma certa praça, de um certo país gigante comunista asiático. Este sempre foi e sempre vai ser um assunto tabu. Mesmo admitindo a matança, os números do governo não fecham, variam de dezenas a milhares, e os mais jovens ou não lembram, ou não acreditam, ou fazem de conta que não sabem. O que o governo quer é evitar o falatório. Evitar que quem não sabe, fique sabendo e quem não acredita (ou não acredita no que o ocidente disse sobre o assunto), comece a ter dúvidas.

O Youtube, Blogger e Wordpress agora têm a companhia do Twitter, Hotmail e Windows Live. Redes sociais e sites de relacionamento estão "coincidentemente" em manutenção até, pelo menos, o dia 6. A navegação, principalmente em sites de fora da China, está insuportavelmente lenta. O negócio é dificultar. Mas a maioria do povo chinês adota uma postura "eu faço de conta que não estou sabendo". O governo de "e eu que não estou fazendo". E assim segue o baile.

Vamos ver como serão as coisas amanhã.

Update: Mais um site fora do ar. O Flickr bailou também.

Nenhum comentário:

Postar um comentário