28 de abr de 2009

68.4 - Dia 10

Hoje era dia de ventosas, ou baguan (拔罐), mais acupuntura. Estava toda na expectativa de experimentar a técnica que tira o frio do corpo por meio de copinhos acoplados na pele.

Primeiro, as costas. Dos ombros às canelas, fiquei tapada de vidros, que antes de serem ajustados ao meu corpo eram aquecidos com fogo, como vocês podem ver no vídeo abaixo (está em chinês, mas as imagens valem para explicar).



Cada ventosa aplicada fica na mesma posição 15 minutos, no tratamento que estou fazendo agora. Enquanto está no corpo, acaba sugando a pele para dentro do recipiente. Assi, a pele assume uma coloração de vermelha à roxa. E, em alguns casos, o vidro fica cheio de vapor. Sai deste corpo que não te pertence.

Os copos depois foram aplicados na parte da frente, da barriga às canelas, novamente. Meus braços escaparam desta vez. Outros 15 minutos. Jurei que ficaria uma joaninha, cheia de marcas nas costas, como a maioria das pessoas. Mas minhas bolotas não duraram nem 24 horas.

Em geral, quanto mais toxinas o corpo tem para liberar, mais roxa fica a pele e mais tempo leva para que a cor volte ao normal. Eu tenho como únicos hematomas os que ficaram da última sessão de massagem. Cara limpa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário