20 de ago de 2008

Na torcida: Pé quente!

Olha o sorrisão do Milton com a voluntária no Capital Gymnasium, onde o Brasil disputou as competições de vôlei

Quem aparece na torcida hoje é o Milton. Ele é pai da Juliana, que mora e trabalha aqui em Beijing, e aproveitou para visitar a filhota e assistir aos jogos. O Seu Milton é bem pé quente: estava lá no vôlei masculino quando o Brasil venceu o Egito, no Judô, quando conquistamos duas medalhas de bronze, no futebol feminino, quando as meninas meteram 3x1 sobre a Nigéria, na ginástica olímpica, quando a equipe feminina se classificou para a final, e no vôlei de praia masculino, quando Ricardo e Emanuel venceram a dupla australiana.

“Pelo visto tenho dado sorte. Mas confesso que estou um tanto decepcionado com o marasmo da cidade em relação ao evento, que na minha opinião é o maior acontecimento do esporte mundial. Em que pese andar de graça no metrô e nos ônibus apenas mostrando um ingresso, não se vive por aqui um clima de olimpíadas. Onde estão os chineses? Nas ruas não se vê bandeiras, não se vê nada além do oficial. Mesmo nos estádios não existe empolgação nenhuma por parte das torcidas. Exceção seja feita, claro, à brasileira, que mesmo em número reduzido, consegue dar um pouco de vida à pasmaceira reinante”.

Tudo por aqui acaba tendo características próprias. Os chineses não sabem bem como torcer, mas acho que aos poucos eles vão aprendendo. Mas Seu Milton está certo em vários pontos e tem outras críticas bem contundentes.

“A cobertura da CCTV então, nem se fala. É bem amadora, para não dizer caótica. Bom, enfim, como diz Marta, nossa filosófica ministra do turismo, "relaxa e goza". Acho que ela deveria ter sido consultada para acessorar o BOGOC”, brinca.

Eu acho é que o COB deveria ter contratado o Milton para ir a todos os jogos! Quem sabe assim não teríamos mais medalhas, hein?

4 comentários:

  1. Opa, bem, tem razao, os chineses nao sabem bem como torcer, ja que a torcida geralmente nascem dos jogos como Futebol e nem comente sobre futebol Chinesa, q eu choro T-T hauhauahuahu

    ResponderExcluir
  2. O Jink aí é meu amigo, conheci ele indo pra China, visitar a Ju, filha do Milton, minha irmã, por sua vez. Um rolo só! Mas o Sr. Milton esqueceu-se de deizer que foi pé frio no nosso querido esporte bretão! Ou a entrevista foi antes? :)

    Beijo pai!

    ResponderExcluir
  3. ih! nao sabia desse pe frio, hehehehehehe
    mas tudo bem! jah temos tradicao em nao ganhar no futebol olimpico! hehehehehehehhe
    voltem sempre!
    ateh mais

    ResponderExcluir
  4. Tudo é relativo... Não sei se os chineses são tão desanimados assim, visto que o Milton é a animação em pessoa, tem alegria para dar e vender. Por isso, vamos dar uma colher de chá para os olhinhos puxados... afinal, tudo é relativo rsrs.
    Abraços seu Milton!!!!

    ResponderExcluir