21 de ago de 2008

O Rei embaixador

O Brasil trouxe a Pequim um nome de peso para reforcar a candidatura do Rio a sede dos jogos de 2016. Hoje, no inicio da tarde (horario de Pequim) o Comite Olimpico Brasileiro (COB) apresentou, na Casa Brasil, o seu mais novo embaixador: o Rei Pele.

"Para nos eh uma honra e um orgulho ter o Pele como embaixador", disse Carlos Arthur Nuzmann, presidente do COB.

Ao lado da ex-jogadora de basquete Janeth, medalhista olimpica e tambem embaixadora da candidatura brasileira, Pele conversou com os jornalistas e falou da alegria e emocao de fazer parte dessa historia.

"Estou muito emocionado de fazer parte desta equipe. Eu nunca participei de uma olimpiada porque aos 17 anos eu jah tinha contrato assinado com o Santos e, na epoca, nao era permitido que jogadores profissionais participassem. Quero ter saude em 2016 para estar la, levando esse desafio para o Brasil", disse o Rei apos assistir a imagem dele chorando ao carregar a tocha olimpica da olimpiada de Atenas.


Mas com Pele presente e os tres gols da Argentina ainda cutucando a cabeca de todo mundo, claro que o papo descambou pro futebol. O que o Rei achou do fiasco? A Marta teria salvo o time? A culpa eh do Dunga? O Ronaldinho nao ta jogando nada?

"Como eu disse antes, nunca pude disputar uma olimpiada, mas se eu tivesse jogando a gente traria essa medalha!", brincou. "Dizem que a Marta eh o Pele de saias, entao acho que teria ganho", continuou o rei em ritmo de brincadeira. O Rei nao quis, porem, entrar na polemica na hora de falar serio. " O Ronaldinho nao jogou bem, mas quem perdeu foi a equipe. O Dunga ganhou, antes da Olimpiada, tres ou quatro partidas contra a Argentina e ganhou todas. Agora ninguem lembra".

Papo serio

A conversa nao foi soh sobre futebol. A Casa Brasil eh um espaco para divulgar a candidatura do Rio e o comite brasileiro fez questao de deixar isso bem claro (ateh mesmo em momentos chatos, quando simplesmente cortaram a coletiva porque as perguntas estavam sendo todas sobre futebol).

O gerente-geral do COB, Carlos Roberto Osorio, apresentou os conceitos que norteiam a candidatura e os pontos a favor do Brasil." Nunca houve uma olimpiada na America do Sul e sobre o Brasil realizar a Copa do Mundo dois anos antes, pode contar a nosso favor, pois outras cidades fizeram o mesmo, como o Mexico, em 68 e 70, Alemanha, em 72 e 74, e Estados Unidos, em 94 e 96. Sem contar que aproveitaremos estruturas que serao usadas na Copa", salientou Osorio.

Janeth, medalhista em Atlanta e Sydney, tambem reforca a candidatura brasileira. Para ela, o legado mais importante que uma olimpiada no Brasil pode deixar eh a educacao atraves do esporte. "Um evento desses eh importante para os jovens, para incluir os jovens. Precisamos fazer isto pela comunidade da America do Sul". disse a ex-jogadora.
Gafe
O rei do futebol acabou mostrando que nao eh o rei da geografia durante a coletiva. "Nunca um pais da America Latina realizou uma Olimpiada", disse Pele, esquecendo que o Mexico, que abrigou o evento em 1968, tambem faz parte da America Latina."


Nenhum comentário:

Postar um comentário